FERNANDO LUIS VIEIRA FERREIRA

sábado, 1 de janeiro de 2011

DO VAL - Vale do Tua - Mirandela

DESCENDÊNCIA
Avós de Matheus Gomes do Val
Bisavós de Elisa Augusta Gomes do Val
Terceiros Avós de Fernando Luis Vieira Ferreira
Quartos Avós de Joaquim Vieira Ferreira Netto
Quintos Avós de José Bento Vieira Ferreira
Sextos Avós de Anamaria Nunes Vieira Ferreira


1. CATARINA DO VAL. Natural do Vale do Tua, Mirandela. Batizada em 1754, em Portugal.

O Apelido
Analisando alguns documentos da Torre do Tombo concluímos que o nome “Val” é toponímico, indicando o lugar de origem do portador: Val dos Reis, de Touro, etc.

Por coincidência de nome, época e lugar acreditamos no parentesco:

Inventário de menores - 1823
Juiz dos órfãos
Inventariado: Maria do Val - Inventariante: Rosa do Val
Local: Torre Dona Chama – Mirandela

Casada, em 1775, em Portugal, (Family Search) com PEDRO GOMES RIBEIRO. Membro da Nobiliarquia Portuguesa de Cascais. Batizado em 1750, em Portugal.


Foram Pais de:

A família de seu tataraneto, meu tio-avô Moacyr Lemos do Val, já falecido,
possui um baú que pertenceu a João Ribeiro do Val, trazido de Portugal.
Cheguei a vê-lo quando meu tio-avô ainda era vivo, em Rezende, RJ.
Dentro há uma inscrição, que ele mandou gravar:

“João Ribeiro do Val,
o homem mais feliz do mundo.
Casou-se com Felicidade Perpétua
e foi morar no Paraíso”

Sérgio Cominatto

1.1 João Ribeiro do Val. Fazendeiro. Nascido, em 1782, na Freguesia de Sant´Anna da Carnota, termo da Vila de Alenquer, Bispado de Lisboa, onde foi batizado. Falecido em 8 de Agosto de 1846, e sepultado na Matriz de Nossa Senhora da Conceição, em Pati do Alferes, Vassouras. Assinava-se anteriormente João Gomes Ribeiro: João, anteriormente João Gomes Ribeiro, era filho de Pedro Gomes Ribeiro e de Catharina do Val Ribeiro, tendo sido batizado em 1782, na mesma freguesia onde nasceu de Sant'Anna da Carnota - Termo da Villa de Alenquer - Bispado de Lisboa, segundo consta no seu assento de casamento, que ocorreu no dia 16 de maio de 1823 - Livro de Casamento de 1819 à 1827, Freguesia do S.S.Sacramento desta Corte, no ano de 1823 aos 16 dias do mês de maio - as 18:00 horas folha 112v. (Sandra Cândido do Val)

Veio para o Brasil, em 1816, com seu sobrinho Matheus Gomes do Val (V. Meus 4º Avós), procedente de Sant´Ana da Carnota, Vila de Alenquer. Os dois se instalaram em Valença e foram trabalhar para o Barão de Ubá, José Rodrigues Pereira de Almeida, também natural de Santana de Carnota.

(...) Com efeito, meu tio bisavô, João Ribeiro do Val, e seu sobrinho Matheus Gomes do Val, meu avô, o fundador dessa fazenda, começaram a vida, um como empregado no seu “comércio” e o outro como seu administrador, segundo outro trecho da carta de Matheus Ribeiro do Val, já citada:

“Por morte do barão de Ubá, os interessados tomaram a direção das casas do Rio e Lisboa. Meu tio avô, João Ribeiro do Val assumiu a direção das fazendas e terras, que eram cêrca de 14 sesmarias. O barão deixara um filho único menor. Quando se libertou, tomou conta dos bens, ficando meu avô na fazenda de Ubá, pondo o nosso Matheus, no Casal. O filho deixado pelo barão de Ubá, de que fala a carta, era José Pereira de Almeida, e seu nome se lê num mapa corográfico da província, existente na mapoteca do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, junto ao das mencionadas fazendas. José Pereira de Almeida foi o padrinho de tia Elisa, irmã de meu pai e a primeira mulher de tio João Gomes, como também padrinho de tia Elisa Augusta, sua mãe. Em autos de um processo em que era interessado um neto do barão de Ubá, verifiquei que a mulher de José Pereira de Almeida se chamava Elisa, como as duas afilhadas do marido e dela também, provavelmente. Chamava-se Elisa Constança.”

Cachoeira e Porongaba
Desembargador Vieira Ferreira

Há fortes indícios do parentesco das famílias Gomes Ribeiro, Pereira de Almeida e Ribeiro de Avelar, todas oriundas de Santana de Carnota, Vila do Alenquer, do Patriarcado de Lisboa.

Além da coincidência de origem, há ainda as ligações familiares no Vale do Paraíba, onde as três famílias se estabeleceram. As ligações familiares se estabeleciam por vizinhança, emprego, e os inúmeros batizados e casamentos.

Em tempo lembro que já em 1822, o João já morava de certa forma em Vassouras, na Fazenda de Úba, onde era administrador dos Bens do Barão de Úba, esse procedia também de Santa Anna da Carmota, acredito tenha ele algum laço de parentesco com os Ribeiro do Val. O nome da Catarina no assento de casamento aparece só como Ribeiro, mas em outros assentos aparece com o do Val, assim como o do João em alguns assentos aparece como Avilla. O que gera algumas perguntas, e a necessidade de pesquisas mais profundas.

Sandra Cândido
Orkut da Família do Val

Casado, em 16 de Maio de 1833, com Dona Felicidade Perpétua Pires.

Certidão de Casamento
Aos 16 dias do mês de maio de 1823, as 18:00 horas casaram-se João Ribeiro do Val e Felicidade Perpetua Pires de Almeida. Ele filho legitimo de Pedro Gomes Ribeiro e de D.Catarina Ribeiro – natural e batizado na Freguesia de Sant'Anna da Carmota - termo da Villa de Alenquer - Bispado de Lisboa. Ela filha legitima de Joaquim Pires Garcia de Almeida e Dona Felicidade Perpetua Pires Lacé, natural e batizada na freguesia de São José desta Côrte. Foram testemunhas Idelfonso de Oliveira Caldeira e Bernadino Brandão e Castro. (Livro de Casamentos de 1819 à 1827 Freguesia do Santíssimo Sacramento desta Corte, no ano de 1823, Fls. 112v)

Sandra Cândido do Val

Nascida em 18 de Maio de 1806, na cidade do Rio de Janeiro, onde foi batizada em 7 de Junho do mesmo ano. Falecida em 14 de Agosto de 1876, sepultada no Cemitério do Cavaru, freguesia de Nossa Senhora da Conceição do Pati do Alferes, Vassouras.

Convite para a Missa de 30º Dia
Jornal do Commércio
Joaquim Ribeiro do Val (*) e família convidam para a Missa de 30º Dia, de sua mãe Felicidade Perpetua Pires do Val , em 14 de Setembro de 1876, em Valença.

Pesquisa de Guilherme Serra Alves Pereira

Filha de Joaquim Pires Garcia de Almeida e de Dona Felicidade Perpétua Pires Lacé. Pequena Biografia: Dona Felicidade Perpétua ficou viúva em 1846, herdando a fazenda do marido, tornando-se fazendeira de Café, em propriedade com Engenho de Socar Café, na Freguesia de Santo Antonio da Encruzilhada, Paraíba do Sul, segundo o Almanak de 1857, Província, Página 204. Fazendeira com Engenho de Socar Café e Fazendeira de Café, na Freguesia de Santo Antonio da Encruzilhada, em Paraíba do Sul, em 1860, Página 255. Em 1877, Página 203, o Almanak Laemmert registra como Fazendeiros de Café, em Paraíba do Sul, os seus herdeiros. Família Pires Lace: Dona Felicidade Perpétua Pires Lacé nasceu em 7 de Agosto de 1786 e faleceu em 7 de Agosto de 1864. Era filha de Dona Anna Joaquina Lacé, nascida em 18 de Março de 1766 e falecida em 10 de Janeiro de 1838. Foram seus irmãos: 1. Felicidade Perpétua Pires Lace; 2. Maria José Leopoldina Lacé, falecida em 12 de Fevereiro de 1855. 3. Matilde Severina, falecida em 4 de Fevereiro de 1852. Foram seus sobrinhos: 1. Joaquina Rosa Lacé, falecida em 29 de Outubro de 1849. 2. Joanna Carlota Lacé, falecida em 14 de Junho de 1861. 3. Marechal João José da Costa Pimentel, falecido em 28 de Agosto de 1863. Joaquim Pires de Almeida e Dona Felicidade Perpétua Lacé foram Pais de: 1) Felicidade Perpétua Pires de Almeida; 2) Carlota Joaquina Pires Maciel. Nascida em 31 de Julho de 1813 e falecida em 9 de Setembro de 1872. Casada, em 5 de Abril de 1828, com Manoel José da Silva Maciel, nascido em 10 de Março de 1810 e falecido em 5 de Janeiro de 1881. 3) Dr. Joaquim Pires Garcia de Almeida. Nascido em Janeiro de 1819 e falecido em 14 de Outubro de 1848. Casado, em 19 de Fevereiro de 1842, com Dona Maria Luisa Madureira, nascida em 13 de Fevereiro de 1827 e falecida em 12 de Outubro de 1864. Foram Pais de: 3.1 José Ricardo Pires de Almeida. Nascido em 7 de Dezembro de 1842. 3.2 Joaquim Pires de Almeida. Nascido em 7 de Dezembro de 1844. 3.3 Carlos Frederico Maciel. Nascido em 29 de Janeiro de 1847. 3.4Fernandina Pires. Falecida em 23 de Janeiro de 1876. 4) João Pires Garcia de Almeida. Nascido em 24 de Novembro e falecido em 6 de Outubro de 1868. (Pesquisa de Marcelo Ribeiro do Val - Diário de João Ribeiro do Val). Família Garcia de Almeida: Joaquim Pires Garcia de Almeida nasceu em 4 de Janeiro de 1785 e faleceu em 2 de Agosto de 1869. Eram seus irmãos: Francisco Pires Garcia, falecido em 28 de Outubro de 1836; Dona Mariana Pires Garcia, falecida em 10 de Março de 1850; José Pires Garcia, falecido em 2 de Julho de 1845. Com Geração.

1.2 Mariana Ribeiro do Val, que segue.


2. MARIANNA RIBEIRO DO VAL casada com JOSÉ GOMES DA SILVA, Patriarcas da Família Gomes do Val.


Fontes:
Cachoeira e Porongaba
Fernando Luis Vieira Ferreira

Diário de Joaquim Ribeiro do Val

Jornal O Centenário
Waldir Ribeiro do Val

Informações Familiares
Marcelo Tito Ribeiro do Val
Sandra Cândido do Val
Saulo Ribeiro do Val
Sérgio Cominatto
Waldir Ribeiro do Val

Pesquisa:
Anamaria Nunes

Colaboração:
Ana Carolina Nunes
Guilherme Serra Alves Pereira

Nenhum comentário:

Postar um comentário